03/10/2019 às 02h58min - Atualizada em 03/10/2019 às 02h58min

Rodízio no uso de água continua nas Bacias dos Rios Santa Maria do Doce e Santa Joana

Usuários de água localizados em toda a extensão de São Roque do Canaã, Itarana, Itaguaçu e parte dos municípios de Afonso Cláudio, Santa Teresa e Colatina terão de continuar economizando água

Por Redação
Divulgação/Agerh

Usuários de água localizados em toda a extensão de São Roque do Canaã, Itarana, Itaguaçu e parte dos municípios de Afonso Cláudio, Santa Teresa e Colatina terão de continuar economizando água. A Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh) prorrogou por mais um mês o cronograma de restrição de uso nas regiões inseridas nas bacias hidrográficas dos rios Santa Joana e Santa Maria do Doce.

De acordo com as resoluções publicadas no Diário Oficial desta terça-feira (01), mesmo com todas as medidas de economia estabelecidas no período de estiagem, o Cenário Crítico continua nas duas bacias do noroeste do Espírito Santo, região onde predominam os efeitos da seca moderada, segundo o Monitor de Secas, da Agência Nacional de Águas (ANA).

Restrições de Uso

Na área de restrição da Bacia Hidrográfica do Rio Santa Maria do Doce, a captação de água para irrigação está limitada a dois dias por semana, de acordo com o calendário abaixo:

 

Outubro 2019
DOM SEG TER QUA QUI SEX SAB
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Dias com restrição

 

Na Bacia do Rio Santa Joana, usuários de recursos hídricos devem obedecer a um rodízio, que proíbe irrigar plantações ou captar água para este fim durante o dia. O uso da água só está permitido durante a noite, de 18h a 6h, em dias alternados, de acordo com o município, conforme cronograma abaixo:

  • Afonso Cláudio e Itarana (noites de segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira);
  • Itaguaçu e Colatina (noites de terça-feira, quinta-feira e sábado).

Aos domingos, a captação e a irrigação ficam proibidas em todos os municípios acima. 

Ainda segundo as publicações, tanto na Bacia do Rio Santa Joana quanto na do Rio Santa Maria do Doce, estão proibidas novas interferências em recursos hídricos, tais como captação de água por meio de bombas em barragens, rios, córregos e em poços tubulares ou escavados.

As práticas irregulares serão passíveis às sanções legais, mediante fiscalização.

As restrições não se aplicam às captações com finalidade de abastecimento humano e dessedentação animal. Produção de mudas, sem acréscimo de novas, e cultivos hidropônicos também estão isentos.

Veja nos mapas abaixo as áreas de restrição na Bacia do Rio Santa Maria do Doce e na Bacia do Rio Santa Joana.

Recomendações

Nesta época do ano, o Espírito Santo passa pela fase mais aguda da estiagem, quando os rios baixam e as demandas por água aumentam. Para atravessar este período sem prejuízos, é importante adotar medidas de economia de água na cidade e no campo.

  • Agricultura - Vistoriar o sistema de irrigação e corrigir possíveis vazamentos e entupimentos; Irrigar preferencialmente à noite ou de manhã cedo; Reduzir o tempo de irrigação em cada setor; Priorizar as culturas em fase de maior exigência.
  • Indústria - Diminuir a demanda de água nos processos produtivos e implantar sistemas de reuso.
  • Cidade - Evitar a lavagem de ruas, fachadas, jardins e campos de futebol, priorizar água de reuso (não potável);
  • Residência - Tomar banhos mais curtos, desligando o chuveiro sempre possível; abrir torneiras apenas no momento do enxágue; não usar mangueiras para regar plantas ou lavar calçadas; reaproveitar a água da máquina de lavar. Com informações da Agerh.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp